Bruno Azevedo, Advogado

Bruno Azevedo

Parauapebas Pa
1seguidor21seguindo
Entrar em contato

Comentários

(2)
Bruno Azevedo, Advogado
Bruno Azevedo
Comentário · há 5 anos
Está no final do artigo...
"Por fim, o relator considerou correta a solução encontrada na sentença, que fixou a parcela de responsabilidade da ré em 15% do montante calculado sobre os salários. Aplicando o artigo 1.317 do
CPC, ele reconheceu que a reclamada se obrigou ao pagamento apenas da parte dela nas obrigações da relação de emprego."Do contrário, o autor poderia demandar contrato de todos os que o contrataram e receberia o equivalente a n salários por uma só e mesma jornada de trabalho, ou pela vigilância de um só conjunto, o que atenta contra a razão", refletiu. O reclamante conseguiu obter ainda a condenação da loja ao pagamento de adicional noturno e reflexos."

Perfis que segue

(21)
Carregando

Seguidores

(1)
Carregando

Tópicos de interesse

(101)
Carregando
Novo no Jusbrasil?
Ative gratuitamente seu perfil e junte-se a pessoas que querem entender seus direitos e deveres

Outros advogados em Parauapebas Pa

Carregando

Bruno Azevedo

Entrar em contato